Tecnologia em Virologia


Temos à sua disposição a tecnologia necessária para acelerar o processo para descobrir e desenhar vacinas em todos os campos. Desde a purificação de vírus em condições de segurança, até análise da resposta imune nos ensaios prévios, passando pela autolatização de processos, estudos celulares, tanto em produção como ensaios citopáticos, de absorção, assim como os estudos de sequenciação, dinâmica de populações virais, estudos de afinidade e claro, toda a tecnologia comum aos laboratórios com estas caraterísticas

Izasa Scientific, lider no campo da instrumentação científica oferece soluções integrais no campos de Ciências da Vida.
covid19_coronavirus_virología

Conhecimento do Vírus

sony_id7000

Citómetro espetral SONY ID7000

Citometria multiparamétrica na sua máxima expressão

A tecnologia espetral usada nos citómetros de Sony simplifica o desenvolvimento de aplicações complexas, como a monitorização da resposta imune, desde ensaios de vaciunas o drogas antitumorais, a modulação de resposta inflamatória.

Quando a amostra é limitante e complexa, a citometria de fluxo espetral representa um grande avanço na análise de células e biomarcadores.

O equipamento ID7000 da SONY representa a Citometria Multiparamétrica na sua máxima expressão. Pode ter até 7 lasers e 188 detetores de fluorescencia, o máximo disponível no mercado.

Os citómetros espetrais da SONY podem adquirir todas os sinais de fluorescência (espetros de emissão completos) no intervalo de 360nm a 920nm. também é capaz de detetar e eliminar a auto fluorescência das amostras, o que permite detetar os fluoróforos / marcadores que sejam mais débeis ou apresentem um nível de expressão mais baixo na amostra.

A sua tecnologia espetral oferece uma alta capacidade de resolver espetros de emissão similares, resultando assim no citómetro mais potente e com maior capacidade multiparamétrica do mercado.

Todas estas caraterísticas tornam esta ferramenta perfeita para analisar amostras complexas e realizar imunofenotipagem de amostras de grande valor biológico: tumores ou amostras de pacientes infetados.

Ler mais ...
Pedir mais info
Sony_SA3800_IzasaScientifc

SA3800

A tecnologia espetral usada nos citómetros de Sony simplifica o desenvolvimento de aplicações complexas.

A tecnologia espetral usada nos citómetros da Sony simplifica o desenvolvimento de aplicações complexas, como a monitorização da resposta imune, desde ensaios de vacinas ou drogas antitumorais, a modulação da resposta inflamatória

Quando as amostras são limitantes e complexas, a citometria de fluxo espetral apresenta um grande avanço na análise de células e biomarcadores.  

Esta tecnologia permite medir o espetro completo de cada fluorocromo usado, Isto é conseguido separando as emissões de fluorescência com uma coleção de prismas desenhados pela Sony em combinação com um PMT de 32 canais. Ao não usar filtros nem espelhos, otimiza a sensibilidade através da coleção de todos os fotões de 420 a 800nm.

O uso de algorítmos permite a análise de espetros de emissão sobrepostos de praticamente qualquer fluorocromo.

Esta tecnologia permite também analisar o espetro completo de autofluorescência das células e interpretar como um canal mais de fluorescência ou subtrair-lo de outros canais.

Qualidade destacadas:

  • Lasers excitação: 405nm, 488nm, 561nm, 638nm (co-lineares)
  • Deteção de sinais: FSC, SSC, 34 canais de fluorescência
  • Recolha de amostra automática

Ler mais ...
Pedir mais info
helios_hyperion_fluidigm_izasascientific

Helios / Hyperion

Citometria de massas de alto nível de multiplexação

Como reage o sistema imunológico a um agente infecioso, um tumor, um alérgeno...? A extraordinária complexidade dos tipos celulares e interações, em certas ocasiões na presença de populações tão minoritárias como importantes, só pode ser resolvida com técnicas de multiplexação de alto nível.

A citometria convencional tem duas limitações. A primeira é o número de marcadores simultâneos a serem testados e a segundo é a necessidade de trabalhar com suspensões unicelulares, perdendo a informação espacial dos diferentes fenótipos presentes num tecido.

A citometria de fluxo acoplada à Espetrometria de Massas CyTOF supera as limitações da citometria convencional baseada em fluorescência, com os problemas sobreposição dos espetros de emissão e, portanto a limitação no design dos paineis e no número de marcadores simultâneos para análise. O efeito prático é a dificuldade de interpretar amostras muito complexas de células, caracterizadas pela expressão de múltiplos biomarcadores.

Em vez de separar sinais em função dos diferentes comprimentos de ondas, faz a separação de acordo com a diferença de massas. Usa anticorpos conjugados com metais, com uma resolução de 1 Dalton e um detetor de 135 canais. Isto supõe uma marcação muito mais uniforme, sem diferenças de intensidade de sinal entre marcadores, sem sinal de fundo e sem requisitos de controlo para cada canal, oferecendo muita mais informação por célula.

Combinando todos os parâmetros num único tubo, o requisito de cálulas é muito menor, facilitando a análise de amostras de valor clínico.

Para abordar o segundo problema da citometria clássica, a Fluidigm acopla um sistema de imagem para citometria de massa (Helios), levando a análise de imagem de seções de tecido ao nível multiparamétrico sem precedentes em qualquer tecnologia existente, com capacidade de mais de 50 parâmetros e uma resolução de 1 micra. Isso representa uma verdadeira revolução na análise de imagens, até agora impossível.

 

Ler mais ...
Pedir mais info
biomark_hd_virología

BIOMARK HD

Estudos de populações, estudos epidemiológicos, seleção de variantes com o mesmo custo

Existem situações em que é necessário testar grandes populações, para múltiplos fatores génicos. Desde os estudos epidemiológicos (tanto em saúde humana como agropecuária), à seleção de variantes, carateriza-se pela necessidade de testar milhares de indivíduos em curtos prazos, e com o mínimo custo em reagentes caros. Os três fatores limitantes são: alta produtividade e flexibilidade com baixo volume de amostra.

BIOMARK HD – É uma plataforma de análise genética que utiliza uma tecnologia única baseada em  microfluidica integrada em circuitos internos (IFC), que dá lugar a resultados de alta qualidade, com grande robustez, alta reprodutibilidade e escalabilidade, sendo um dos sistemas mais potentes para trabalhos de análise que necessitem “High Troughput”.

Produtividade: graças à microfluidica integrada, um sistema Biomark pode analisar mais de 6.000 amostras por dia, analisando até 24 parâmetros por amostra, podendo gerar até 150.000 reações diárias, o que representa um processamento e escalabilidade impossível de alcançar cp, as técnicas atuais baseadas em microplaca.

Flexibilidade: sistema de química aberta, compatível com as principais tecnologias (Taqman, Eva Green, SYBR), e painéis de expressão génica totalmente personalizados, ideal para o estudo de mutações em campos como a oncologia, a análise de patogeneos de rápida evolução.

Versatilidade: esta plataforma pode ser utilizada para várias de aplicações, como: expressão génica, genotipagem, variação de número de cópias (CNV), deteção de mutações pontuais (SNPs), PCR digital (quantitativa), ou quantificação de proteínas (tecnologia Olink).

Ler mais ...
Pedir mais info
genómica, genotipagem, sequenciação

Juno

Pré-amplificação e genotipagem de SNPs e prepapração de bibliotecas NGS num só processo de automatização.

Quando é necessário processar grandes coleções de amostras como no caso dos estudos epidemiológicos ou da seleção de variantes genéticas, o "gargalo da garrafa" começa na preparação de amostras.

Genotipagem massiva por quantificação de SNPs através de PCR específica de alelo, expressão génica, preparação de bibliotecas de ADN para Next Generation Sequencing.

  • Baixo volumes de reagentes e amostras, reduzida mão de obra. Objetivo, aumenta a produtividade, evita o problema de disponibilidade de reagentes limitantes e reduz o tempo de execução do projeto, minimizando o custo.
  • Este equipamento permite gerar desde dezenas a centenas de bibliotecas preparadas para NGS num só passo em placas IFC de 48 ou 192 amostras.
  • Painéis de desenho rápido fácil e flexível, para projetos NGS específicos, genotipagem de SNP ou expressão génica para detetar variantes de ADN, ARNm o miARN, desde um baixo número até milhares de amostras por dia.

Ler mais ...
Pedir mais info
pacbio_izasa

Pac Bio. Sequel System. SMRT Technology.

Sequenciação "de novo" de genomas completos

A geração seguinte de ultrasequenciadores, depois das técnicas clássicas de NGS, é a sequenciação SMRT (Single Molecule Real Time).

Oferece leituras até 7 vezes de maior comprimentos que os sistemas clássicos NGS.

SMRT é a solução à sequenciação de novo de genomas completos em amostras difíceis (microbiologia, plantas) e facilita o estudo de modificações estruturais e mudanças epigenéticas, em casos de genomas bem conhecidos como o humano.

SEQUEL II possui um alto grau de automatização e um software integrado que facilita em grande medida os trabalhos do utilizador. Flexibilidade nos tempos de execução dos Run, de 30min a 10 horas por célula SMRT.

 

Ler mais ...
Pedir mais info
Nikon_SpinningDiskDragonfly_IzasaScientific

Spinning Disk Dragonfly

Microscopia confocal em célula viva

Para estudar interações complexas a nível celular, como pode ser um processo de infeção viral, a interação entre célula e parasita, o desenvolvimento de metástases ou a geração de órgãos e tecidos durante a embriogénese e em geral, qualquer processo celular dinâmico, são necessárias técnicas de microscopia que, mantendo a maior resolução possível e o mais alto grau de multiplexação, nos permitam técnicas mínimas de preparação de amostras, respeitem ao máximo as estruturas celulares. Se possível, manter as células vivas e que por si só resultam o menos agressivo possível, com o objetivo de gerar dados dinâmicos a partir desses processos.

O equipamento confocal Spinning Disk Andor DragonFly permite a visualização das amostras com uma combinação difícil de imitar de velocidade, sensibilidade, confocalidade e relação sinal/ruído.

A combinação de velocidade e sensibilidade do equipamento permite a realização de aplicações tão diversas como molécula única, confocal de célula viva, TIRF ou a visualização de embriões inteiros.
 

Ler mais ...
Pedir mais info
stedycon_izasa_nikon

Equipamento compacto STED em 2D STEDYCON

Super resolução STED

Um grande desafio em biologia é o estudo de objetos que apresentam um tamanho realmente pequeno, em muitos casos menor que o comprimento de onda da luz. É o caso da caraterização de vírus, localização de proteínas-chave em processos celulares ou estudo de vesículas extracelulares. Para todos eles, a microscopia óptica convencional apresentava-se como uma ferramenta com capacidade limitada para responder às perguntas.

No entanto, com a técnica de super-resolução STED, são alcançadas resoluções abaixo de 25 nm (menores que a maioria dos vírus), de maneira que se possa estudar a localização das proteínas dentro das subestruturas celulares, realizar análises estruturais de partículas virais e imagens in vivo de interações vírus-hospedeiro a nível molecular. Com essa tecnologia, a microscopia ótica está novamente na vanguarda, oferecendo o melhor desempenho cientificamente possível.

Ler mais ...
Pedir mais info
imagen-nuclear-preclinica-molecubes-izasa-tomografia

Imagem Pré clínica "in vivo"

TC-PET-SPECT

O estudo do desenvolvimento de uma patologia, assim como as possíveis soluções da mesma, requer uma fase de estudo "in vivo" em modelos animais de experimentação. Numa primeira fase, em pequenos animais, é possível obter dados com valor estatístico suficiente para continuar a escalar o processo.

TC:  Tomografia axial computorizada.

Método de diagnóstico, baseado em emissões de raios X em cortes milimétricos perpendiculares ao eixo longitudinal do indivíduo ou animal. Fornece informação anatómica de grande relevância.

A evolução desta tecnologia foi incrível, passando de imagens adquiridas através de uma única exposição à obtenção de imagens helicoidais baseadas numa aquisição volumétrica, o que permite sairmos do plano axial tradicional para extrapolar os dados a qualquer outro plano.

A combinação de PET com o TC aumenta notavelmente a precisão na localização de um tumor, sendo o futuro em medicina translacionar e clínica.  Usar equipamentos que permitam o corregisto de imagens obtidas com diferentes tecnologias sem mover o paciente ou o animal da mesa de exame.

SPECT : Tomografia computorizada por emissão de fotões individuais.

Técnica de diagnóstico de medicina nuclear que utiliza raios gama produzidos por isótopos radioativos para obter imagens bidimensionais que se podem combiar para formar imagens em 3D. Estas imagens são funcionais e podem captar as alterações moleculares que ocorrem, enquanto se obtém por meio de gama, as quais apresentam vários detetores. 

Os radionuclídeos que se usam são os mesmos que se utilizam em gama câmaras planares.

Os principais usos do SPECT são em patologia óssea e em transtorno vasculares cerebrais e cardíacos.

PET : Tomografia por emissão de positrões.

Técnica de diagnóstico usada em medicina nuclear. Necessita da injeção intravenosa, oral ou por inalação de um radiofármaco cuja distribuição tridimensional no organismo é analisada.

Este radiofármaco emite positrões que se aniquilam com eletrões, originando assim dois fotões por cada positrão que são capturados e quantificados com a ajuda de uma câmara com detetores colocados em anéis que se situam à volta do paciente ou animal. O número de anéis pode variar até 20. Os detetores são cristais de cintilação de número atómico elevado que emitem luz quando recebem o impacto dos dois fotões gerados pelo radiofármaco.

Fornece principalmente informação fisiológica, estrutural e portanto metabólica e bioquímica do órgão examinado

Ler mais ...
Pedir mais info
Beckman_Coulter_biomeki5_izasa_scientific

Biomek i5

Eficiência, produtividade, segurança e rastreabilidade

Otimizando ao máximo a eficiência e tempos de trabalho com automatização dos processos de preparação e manipulação de amostras. Aumento da produtividade e o número de amostras a processar, segurança para amostras e operadores e rastreabilidade do processo em condições GMP.

  • Para projetos de automatização desde médias a elevadas capacidades de processamento de amostras, sem intervenção do utilizador
  • Mesa de trabalho com 25 posições para pipetagem, posicionamento ou ação de dispositivos integrados.
  • Intervalo de pipetagem de  0.5 - 5,000 µL
  • Modelos de 1 braço de pipetagem, incluindo gripper, seja com cabeça Span-8 ou cabeça Multicanal.

Acelere os resultados de confiança que promovem as descobertas.

As estações de trabalho automatizadas Biomek oferecem uma variedade de tamanhos, capacidades de plataforma e funcionalidades gerais.

Diferentes configurações que permitem o rendimento e redução do tempo de intervenção manual para a maioria dos fluxos de trabalho em genómica, descoberta de fármacos e aplicações de investigação básica.

 

Ler mais ...
Pedir mais info
Beckman_Coulter_biomeki7_Izasa_Scientific

Biomek i7

Eficiência, produtividade, segurança e rastreabilidade

Existem muitas razões para automatizar os processos de preparação e manipulação de amostras, que podem ser resumidas em aumentar a produtividade e o número de amostras a processar, segurança para amostras e utilizadores e rastreabilidade do próprio processo para a sua incorporação em ambientes GMP.

  • Elevada capacidade de trabalho sem intervenção do utilizador.
  • Mesa de trabalho de alta densidade, com 45 posiçõoes para pipetagem, posicionamento ou ação de dispositivos integrados.
  • Intervalo de pipetagem de  0.5 - 5,000 µL
  • Modelos com 1 ou 2 braços de pipetagem, cada braço inclui o seu gripper

As estações de trabalho automatizadas Biomek oferecem uma variedade de tamanhos de plataformas e integrações.

Diferentes configurações que permitem otimizar o rendimento e reduzir o tempo de intervenção manual para a maioria dos fluxos de trabalho em genómica, descoberta de fármacos e aplicações de investigação básica.

 

Ler mais ...
Pedir mais info